segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Certos golpes nos marcam para sempre, é compreensível, assim como certas feridas que ficam, parece que sem cura... Palavras que colam na alma e se cristalizam na memória, atitudes infelizes, traições, abandono, desamor, tantas coisas que nos fazem chorar, que apagam o sorriso, que matam a esperança, que provocam a ira e o desejo de vingança no coração...
Sombras que entristecem a vida e impedem a felicidade. Um acontecimento, em uma data qualquer do passado, anulando quase que toda uma encarnação!...
Não parece ser uma atitude muito inteligente, não é mesmo? Ou uma atitude oriunda de pessoa que já recebeu tanto esclarecimento acerca de provas, expiações, lei de ação e reação, vida e felicidade futura...
Acerca de perdão!
Perdoar, perdoar-se, se refazer, reinventar-se, quanto mais golpeado, mais amar!
Fazer luz em si para espantar as sombras, entender a fé como uma construção diária, permanente, olhar para o Alto, confiar e prosseguir...
Comecemos cada dia nos acolhendo, nos olhando com carinho e prometendo a nós mesmo deixar os sentimentos negativos que ainda nos acompanham no passado, para que nos curemos de todo o mal, para que nossa alma volte a ser saudável novamente.
O mundo precisa de corações valentes, de almas que saibam sorrir apesar das lágrimas, o mundo precisa de direção, de conforto, de mais Deus e menos pessimismo, menos rancor!
Deus é Amor infinito, é Paz, é Progresso, é Vida, e fala com seus filhos através de outros filhos.
Vamos começar a nos colocar no lugar do outro! E se fosse conosco, teríamos feito diferente? Mesmo?...
Deus é Luz e um filho envenenado de ressentimento não pode, não consegue ser Seu porta-voz porque a Luz apenas se reflete em toda a sua grandeza em ambientes abertos e desobstruídos de qualquer impureza.
Pensemos nisso!
(Instituto André Luiz, Ctba, 10/11/2019)

2 comentários:

  1. Concordo plenamente meus irmãos com essa palavras aqui. Precisamos renovar nossa fê a cada dia e prosseguir. fé povo Brasileiro! Agente vai reencontrar a luz.

    ResponderExcluir
  2. Perfeito, Marco Antonio! Grande e fraterno abraço!

    ResponderExcluir