domingo, 4 de novembro de 2018

Tempos de crise e desencanto? Mantenha-se acima das sombras através da prece e da confiança irrestrita em Deus. Tudo é cíclico: o mal que veio irá embora, o bem que se usufrui muda de mãos... O que você é e o que faz de você no decorrer das lutas é o que restará no final. Que seja luz, fé, serenidade e a coragem de prosseguir, apesar da dor. Além da tormenta, brilha o sol, após a tarefa exaustiva, chega o descanso reparador. ❤



sábado, 20 de outubro de 2018

AMANHECEU
Um novo dia raiou em meu caminho como oportunidade bendita de refazimento e continuidade ao meu espírito! Lá fora, no céu, na rua, nos jardins, nos parques, nas casas e nos prédios, o perfil deste dia começa a se delinear suavemente, revestindo-se a pouco e pouco dos acontecimentos que lhe marcarão a curta, porém decisiva trajetória...
Meu coração infinitamente grato ao Teu Amor quer se elevar, neste momento, em prece de gratidão e enlevo, recordando que, pela bênção desta nova manhã, posso rever erros, refazer laços, pedir desculpas, renovar conceitos, alterar atitudes, buscar melhoras, crescer profissionalmente, me tornar mais humano, Te compreender e me compreender melhor, amar mais, sentir mais, sorrir com mais espontaneidade, dar a mão, abraçar, olhar nos olhos, dizer "eu te amo", cumprimentar, abençoar, viver!
Que eu não me isole hoje, que não procure motivos para lágrimas, mesmo que o sol se esconda e a chuva encharque tudo de tristeza e frio... Que eu não deixe de sorrir mesmo que me firam; que eu não me decepcione mesmo que me traiam, que eu não me irrite mesmo que provoquem; que eu não revide mesmo que me agridam; que eu não odeie e nem maldiga mesmo que hostilizado injustamente; que eu não me encerre em mim mesmo com medo da vida, que eu não me recuse a viver por causa da dor, que eu não perca este dia por causa do mal do mundo!...
Hoje, meu Deus, posso alterar todo o meu destino simplesmente porque... amanheceu e eu tenho esta oportunidade em mãos!
Abençoa-me, Pai, e ajuda-me a não desperdiçá-la!...
ASSIM SEJA!
(Copyright Instituto André Luiz, 1999-2018)

Acompanhe a prece com a linda música de Michel Pépé
As luzes do dia

terça-feira, 16 de outubro de 2018


Sempre útil não te esqueceres de que te encontras em Estágio Educativo na Terra.
Jornadeando nas trilhas da evolução, não é o tempo que passa por ti, mas, inversamente, és a criatura que passa pelo tempo.

(Emmanuel, extraído da mensagem "Passando pela Terra",  livro "Calma", Chico Xavier)

segunda-feira, 15 de outubro de 2018



"Quem aprende pode ensinar, e quem ensina aperfeiçoa o aprendizado." - André Luiz
❤️ Aos professores, nosso carinho e gratidão! ❤️

sábado, 6 de outubro de 2018


Um bom fim de semana a todos, e um feliz domingo cívico.
E que nenhum de nós esqueça da prece antes de votar, para que nossas escolhas tragam a paz e o progresso que o Brasil tanto necessita.
Deus abençoe a todos!

quinta-feira, 27 de setembro de 2018

"Empoderar" é um verbo que se refere ao ato de dar ou conceder poder para si próprio ou para outrem. É se mostrar, diante de si e dos outros, seguro, valoroso e capacitado, devendo ser respeitado, acima de cor, gênero ou condição.
Não há dúvida que o movimento do "empoderamento" tem beneficiado segmentos antes oprimidos e silenciosos, tem dado voz e coragem aos destituídos de maior destaque ou valor social.
Mas "empoderar" não será jamais conceder privilégios ou falsas noções de superioridade a si ou a quem quer que seja. De fazer do empoderado um elemento voluntarioso, nocivo e prejudicial ao meio em que vive e opera.
Ser "empoderado" é caminhar pela vida fazendo o melhor, sem deprimir-se com os obstáculos do caminho, seguindo em frente tranquilo e confiante, e sem se desviar do caminho reto, até o final.
"Empoderado" não é apenas ter poder, saber-se poderoso. É saber-se grande, e ser verdadeiramente "grande". (Instituto André Luiz)

~~Siga-nos no Facebook!

https://www.facebook.com/InstitutoAndreLuizOficial/


sábado, 22 de setembro de 2018

É possível corrigir, aconselhar, chamar a atenção e advertir com brandura, com educação. Se algo nos incomoda nos outros, vamos esclarecer isso com civilidade; se somos nós que incomodamos, que a humildade nos norteie a alma na hora da admoestação... Sim, é possível caminhar iluminando, quando caminhamos com Jesus, aprendendo e semeando brandura e humildade com Ele, no encalço de um futuro melhor.

sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Hoje, se referir a processos de elevação pode parecer algo meio fora de propósito, dada as dificuldades morais e sociais que enfrentamos na atualidade, mas se não fizermos um amplo esforço para nos erguermos do chão do Planeta, onde nos encontramos temerosos e atordoados, não alcançaremos tão cedo o dia da felicidade e da libertação.
O caminho é Jesus.
A decisão é nossa.
Avancemos!
(Instituto André Luiz)

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Cada um de nós renasce com sua cota individual de lições, das quais será quase impossível fugir ao longo da existência.
As chamamos de provas, carma, dívidas, sofrimento depurador.
Algumas dessas lições doem, doem muito!
Mas também existem outros sofrimentos que, por livre e espontânea vontade, juntamos ao nosso já extenso currículo de provas necessárias.
Sofremos por bobeira, por ingenuidade e por teimosia, dores das quais não precisamos, dores que não nos pertencem.
E de repente, com justa razão, ao peso de tanta dor, a vida perde o encanto.
Caímos doentes, cansados, depressivos.
"Vontade de largar tudo!", a gente pensa, quando o mais inteligente seria deixar de sofrer por tudo que não nos diz respeito. Preocupações e aflições que não vieram endereçada a nós, mas que nos atingem em cheio porque deixamos, porque as atraímos com a nossa mania de querer cuidar de todo mundo.
Já pensou nisso?
As pessoas, entre elas familiares e amigos, são tão aptos quanto você para resolverem seus próprios problemas.
O mundo não repousa em seu ombros, acredite.
Deus não se ausenta jamais.
Cuide-se mais, cuide-se bem, aprenda a se preservar.
É possível amar e ajudar, sem enredar-se num cipoal sem fim de choro e sofrimento.
Ame o caminho do próximo, mas não esqueça de que você é responsável apenas pelo seu próprio caminhar.
Então caminhe leve, pelo seu próprio bem. (Instituto André Luiz)